Quarta-feira, 05 de Fevereiro de 2014

60 % dos carros da minha rua são cinzentos, 30% brancos e o resto vai variando.

 

Era só isto que tinha a dizer!

 

(Estava indecisa entre partilhar esta informação aqui ou no facey! E sim, sei que o "resto" é 10%)

publicado por Mafalda às 23:59

Terça-feira, 01 de Outubro de 2013

Não é que a Sónia Brazão recusa assumir qualquer responsabilidade pela explosão em casa dela?

 

Ai Sónia, acho que 3 bicos do fogão acesos e 4,27 g/l de alcóol no sangue não abona muito a teu favor...

Mas isto sou só eu a dizer, não quero ser má onda.

publicado por Mafalda às 15:55

Quinta-feira, 25 de Julho de 2013

 

Estava eu a almoçar com o resto da minha família, e o assunto era o acidente em Santiago.

 

Eu: Mas o maquinista saiu vivo do acidente?

Mãe: Sim, está vivíssimo.

Eu: Vai ser preso?

Mãe: Pois claro, possivelmente vai passar lá o resto da vida!

Eu: Mas não foi Homicídio Involuntário? A Júlia no Dancin também foi acusada disso e não passou o resto da vida presa.

 

E pronto, é assim que eu descubro que tenho de pôr um final à minha vida.

publicado por Mafalda às 23:11

Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

O que é que acontece quando a televisao fica ligada durante a madrugada enquanto estou ocupada?

Fico a saber que dá uma novela na SIC.

Que novela!?

Não sei bem... É a em que o Diogo Morgado está indeciso entre a Claúdia Vieira e a Joana Seixas.

 

O que é que aprendi sobre essa novela?

Que não é muito boa para adormecer... E que espero que a Oprah não tenha visto nenhum episódio desta delícia de produção nacional.

 

E mais?

Taran... o Virgílio Castelo é mau.. aliás... é péssimo. Sabe-o. E não tem medo disso... Só eu é que tenho medo, quando ele faz o seu ar de mauzão. 

publicado por Mafalda às 04:29

Quinta-feira, 04 de Abril de 2013

Caras pessoas que partilham locais públicos fechados comigo, podem fazer o favor de não darem bufas quando estou com dificuldades respiratórias??

publicado por Mafalda às 02:17

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

Em apenas um dia, deparei-me com 3 desbloqueadores de conversa que infelizmente não resultaram:

 

Pessoa 1: Vi a Maria no outro dia.

Pessoa 2: Falaste com ela?

Pessoa 1: Não

Pumba... a conversa morreu.

Se existe a tentativa de desbloquear a conversa, deve-se acrescentar um facto, por exemplo, "Vi a Maria e está mais gorda/magra", ou em último caso, "tinha uma saia gira/feia". Prometo que a adição de um facto vai dar pano paga mangas.

Ou seja, a simples visualização de uma pessoa, não dá para iniciar uma conversa!

 

Pessoa X: Hoje está fresquinho!

Pessoa Y: Pois está.

Acabou! Finito!

Sim, o tempo é usado desde o tempo dos romanos como desbloqueador de conversa, mas não se pode constatar apenas factos, tem de haver uma dúvida, um debate... uma pequena "discussão". Por exemplo:

Pessoa X: Ontem esteve mais calor, não esteve?

Pessoa Y: Sim, sim. Agora acho que vão estar sempre a descer as temperaturas.

Pessoa X: Mas olha, eu ouvi que...

Pimba, esta sim, pode ser uma conversa para uns bons 2 minutos e meio (que em maior parte dos casos corresponde ao tempo dentro de um elevador).

 

Sujeito A: Vou a Madrid, já lá foste?

Sujeito B: Não.

Lá está, outro beco sem saída!

Sim, este desbloqueador tinha bastante potencial, mas andamos sempre a "brincar" com o humor do "Sujeito B", porque pode haver a hipótese de ele querer continuar a conversa e dizer que até era um local onde gostava de ir e a conversa desenrolar-se... mas para jogar pelo seguro é sempre melhor falar de sítios onde ninguém vai, por exemplo Bagdá ou Baku... ou então num sítio que temos a certeza que a pessoa já lá esteve. Aposto que terá coisas interessantíssimas (ou não!) para contar!

publicado por Mafalda às 03:20

Quarta-feira, 09 de Janeiro de 2013

Pois é, não são todas as pessoas que de um dia para o outro ficam sem bidé... mas para os que ficam, acho importante partilhar a minha experiência.

Uma segunda-feira, acordo a ouvir vozes que me eram familiares, mas que não me dediquei a identificar de quem seria.... A conversa era qualquer coisa do género:

Pessoa T:"para mim, o bidé é a peça mais importante da casa-de-banho"

Pessoa R:"Eu também uso muito o bidé, faz-me muita falta..."

Perssoa T:"Eu acho que não conseguia viver sem bidé..."

E pronto, eu, como qualquer pessoa normal, pensei, "devo ainda estar a sonhar, apesar de ser um sonho muito estranho", voltei-me para o outro lado e voltei a dormir.

Tudo bem.

Pouco depois sou acordada para almoçar. Quando chego à casa-de-banho, ainda meia ramelenta, não ligo ao que se passa à minha volta... contudo, quando estou mesmo para sair da casa de banho... PUFFFFF, já não tenho bidé! Desapareceu!

Vou a correr perguntar o que se passa com o bidé... ao que me respondem, "Tirámos o bidé!"

A minha pergunta foi, mas porquê!? E pronto, a resposta mais pateta de sempre... "só estava lá a ocupar espaço e já todos tinhamos concordado com isso". Ah sim, foi uma resposta pateta e com pouca consideração por mim... porque eu nessa votação, que deve ter sido digna de Assembleia da República, eu não estava presente, e não foi porque tive fim-de-semana prolongada... foi porque... OK, não sei!

A pergunta central é... mas gostavas assim tanto do bidé!? A resposta é: era-me completamente indiferente. Segunda pergunta, faz-te falta? Resposta: mais ou menos...

Contudo, o ponto importante é que uma decisão deste tipo devia ser tomada estando os habitantes da casa todos presentes e em que qualquer um, possui o direito de veto.

BORA DEFENDER OS DIREITOS DE CADA A TER UM BIDÉ!!

publicado por Mafalda às 23:58

Terça-feira, 01 de Maio de 2012

Quando se nota a diferença de sabor entre leite meio gordo e leite magro... a vida ganha outro sentido!

 

Próximo objectivo: notar a diferença entre manteiga com e sem sal

 

(P.S - sim, eu sei que estas diferenças existem... demorei foi anos a descobri-las)

publicado por Mafalda às 01:25

Segunda-feira, 09 de Abril de 2012

Drunk Text... é a nova música da Paris Hilton.

Não, não a ouvi... eu bem a procurei, mas não a encontrei. O título sugere que o tema da música será muito interessante... aposto que a música seguinte, será "Cocaine Bag". Só para continuar na onda...

publicado por Mafalda às 03:26

Terça-feira, 03 de Abril de 2012

 

Pronto, quando leio as letras gordas penso:

Primeiro, filho do Professor Pardal, o segundo nem consigo olhar para a frase, o cabelo tem a minha atenção toda... a terceira é filha do Hulk (o verde, não o azul...)

publicado por Mafalda às 19:36

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30
31


comentários recentes
Tudo o que envolve o nome de Ronaldo é noticia, en...
Foda-se, que larilas!
A segunda foto sou eu quando fico uns dias sem ir ...
A tua rua é muito triste!!!!
Eu acho que com este post também estás a tentar (d...
E eu a pensar que era das maiores fãs da novela. d...
Sim, tens razão... não foi dos mais bem conseguido...
que graça . ah espera esqueci de rir , q sem graça...
VAI MAF!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não. Porque seria? Por ser em espanhol?
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro